seletiva_sua_banda

Festival Rock´n Beer abre inscrições para Seletiva de bandas

Estão abertas as inscrições para a edição 2018 da Seletiva Rock´n Beer. Neste ano, a Seletiva conta com uma grande novidade: serão três bandas escolhidas para se apresentar no palco principal do Festival Rock´n Beer, no dia 15 de setembro, no Centreventos Itajaí. Os cadastros devem ser feitos pelo site oficial do Festival (www.festivalrocknbeer.com.br) e podem se inscrever apenas bandas autorais que nunca participaram do Festival Rock´n Beer.

Das bandas inscritas, serão nove selecionadas, que serão divididas em três etapas semifinais. As fases seletivas serão realizadas em bares parceiros do Festival em Itajaí e Balneário Camboriú durante os meses de junho e julho. De cada semifinal, o juri especializado irá escolher uma banda para participar da grande final no palco do Rock´n Beer. A grande vencedora da Seletiva Rock´n Beer 2018 ganha a gravação de uma música com vídeo making-of em um estúdio profissional de Itajaí.

Esta é a sua segunda vez que o Festival Rock´n Beer promove a Seletiva para selecionar novas bandas para participar do evento. Em 2016, a banda joinvilense Napkin foi a vencedora do concurso e se apresentou no palco principal do Festival no mesmo dia que o ícone do rock nacional Raimundos.

Neste ano o Festival Rock´n Beer vai para a sua sexta edição em Itajaí e já está confirmado para os dias 15 e 16 de setembro. Além dos shows locais e nacionais, o Rock´n Beer é referência no Estado por reunir no mesmo espaço cervejarias artesanais, food trucks e expositores variados em dois dias de muita diversão.

seletiva_sua_banda

facebook_festival_valvula_rock_02_12

Válvula Rock comemora 10 anos com festival beneficente em Itajaí

facebook_festival_valvula_rock_02_12

Completando uma década em 2017, a produtora de shows Válvula Rock realiza no dia 2 de dezembro mais uma edição do Festival Válvula Rock, desta vez no Centreventos Itajaí, com a apresentação de seis bandas catarinenses. O festival conta com o apoio da Fundação Cultural de Itajaí, através do edital de Eventos Comunitários, e tem um caráter beneficente. A entrada para o público é a doação de um brinquedo em bom estado, que será distribuído em comunidades carentes da cidade no período do Natal.

A realização do Festival Válvula Rock neste formato já é tradicional em Itajaí e vai para a sua quinta edição, sempre no final do ano e com arrecadação de brinquedos. Com o intuito de incentivar a produção local, o Festival deste ano terá quatro bandas de Itajaí: Hot Rats, Yellow Box, Ninguém Sabe e Silêncio de Chumbo. Mais dois artistas catarinenses são os convidados para completar a escalação: Marzio Lenzi, lageano radicado em Balneário Camboriú, e Marujo Cogumelo, que vem de Xanxerê, no Oeste do Estado. Além dos shows, o festival contará ainda com área de gastronomia e bazar e com o stand da cervejaria Stannis.

Sobre o Válvula Rock

Fundado em Itajaí pelos irmãos Anderson e Flavio Oliveira, o Válvula Rock surgiu em 2007, com o intuito de produzir shows de bandas autorais no Litoral Norte Catarinense. Ao longo destes 10 anos, foram mais de 50 eventos e 100 artistas diferentes que já passaram pelos eventos da produtora, entre nomes catarinenses, nacionais e estrangeiros. A produtora também assina a realização do Festival Rock´n Beer, que acontece anualmente em setembro no Centreventos Itajaí e é referência no Estado.

Além dos shows, o Válvula Rock também tem um selo virtual, em que disponibiliza discos de artistas catarinenses para download gratuito pelo site www.valvularock.com.br. Das bandas que participarão do Festival neste ano, apenas Marzio Lenzi e Silêncio de Chumbo não tiveram álbuns lançados pelo Válvula Rock ainda.

As bandas

Marzio Lenzi Trio
A primeira atração confirmada para o Festival Válvula Rock é o músico Marzio Lenzi. Lageano radicado em Balneário Camboriú, Marzio é uma das maiores referência quando o assunto é rock catarinense, com mais de 20 anos de estrada. Em seu show apresenta o melhor do blues rock presente em seus álbuns solo.
Meses atrás um incêndio destruiu o estúdio e instrumentos do Marzio em Balneário, e sua participação nesta edição do festival é também a forma encontrada pelo Válvula Rock para apoiar este grande músico de nosso Estado.

Yellow Box
Filhos da terra, os itajaienses da Yellow Box lançaram neste ano o seu segundo disco de estúdio, Dirty Secrets, em parceria com o selo virtual do Válvula Rock (www.valvularock.com.br/yellowbox). Além do novo show, o experiente grupo traz ao Festival Válvula Rock também a velha/nova formação em quarteto, após anos se apresentando como trio.

Ninguém Sabe
A Ninguém Sabe é outra velha conhecida dos palcos de Itajaí e região que está confirmada no Festival Válvula Rock. O quarteto é garantia de muita energia e rock brasileiro por onde passa e em dezembro não será diferente. O primeiro disco da banda também foi lançado em parceria com o selo virtual do Válvula Rock (www.valvularock.com.br/ninguemsabe).

Marujo Cogumelo
De Xanxerê, no Oeste do Estado, a Marujo Cogumelo é mais um nome bastante rodado do rock catarinense, mas que chega pela primeira vez ao Festival Válvula Rock. A banda traz na bagagem o elogiado disco Hiato, do ano passado, lançado em parceria com o selo virtual do Válvula Rock (www.valvularock.com.br/marujocogumelo). Com uma mescla de influências, sem perder a aura vintage que a tornou conhecida, a Marujo Cogumelo é certeza de um grande show!

Hot Rats
Se tem um power trio que está fazendo tremer os palcos de Itajaí e região, este grupo atende pelo nome de Hot Rats. Conhecida pela forte pegada rock´n roll, a banda itajaiense leva o ouvinte de volta aos anos 70 em seus shows, com perfeição na execução das músicas. Neste ano lançou em parceria com o selo virtual do Válvula Rock o seu primeiro disco, Magnolia (www.valvularock.com.br/hotrats), que transmite para o estúdio a energia peculiar dos palcos.

Silêncio de Chumbo
Mais uma banda itajaiense escalada para o Festival Válvula Rock, a Silêncio de Chumbo traz em seu DNA boas doses de punk rock e rock nacional, aliados ao discurso afiado que é característica destes dois estilos, repleto de críticas sociais.

cj_ramone_valvula_rock

Com CJ Ramone, CRACCA Festival acontece em Itajaí com quinze bandas do Brasil e do mundo

cj_ramone_valvula_rock

CJ Ramone estará de volta ao Litoral Norte 23 anos após histórico show dos Ramones

Duas noites, quinze bandas, mais de duas mil pessoas e muita Cerveja, Rock, Arte, Cultura, Comida e Amigos. Esse é o CRACCA Festival: o primeiro festival do Mercado Pirata, o bar que está agitando a cena underground em Balneário Camboriú. O evento acontece nos dias 24 e 25 de novembro, no Centreventos Itajaí, pavilhão Anexo, a partir das 18h. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos no Mercado Pirata, na MPBC Store ou pelo site www.loopticket.com.br.

O festival segue a proposta do bar e apresenta exclusivamente bandas de rock com trabalhos autorais. O palco estará repleto de nomes importantes que mudaram, e seguem mudando, a história do rock independente no país e no mundo. A maioria das bandas já se apresentou em grandes festivais, como Virada Cultural (SP) e Rock In Rio (RJ), além de programas da MTV Brasil e turnês internacionais.

O grande destaque do line up é CJ Ramone, ex-baixista da banda de punk rock Ramones. CJ voltou a fazer turnê pelo Brasil depois de dois anos e, para delírio dos fãs, um dos shows será no CRACCA Festival. O músico está promovendo seu terceiro álbum solo, “American Beauty”, com dez músicas inéditas, e completa seu repertório com diversos clássicos dos Ramones.  A volta de CJ Ramone ao litoral catarinense não poderia ser mais simbólica. O músico já era baixista dos Ramones no histórico show do grupo em Balneário Camboriú, que completou 23 anos neste mês de novembro.

Outra atração internacional é Jiro Okabe, produtor, baixista e presidente da Mosrite, fábrica de guitarras americana. Jiro é um grande nome do cenário underground, já teve projetos com Elvis Ramone (Clem Burke) e Mickey Leigh (irmão de Joey Ramone). Nesta turnê Jiro lança oficialmente seu novo álbum “My Revolution” e se apresenta ao lado de Griffin R. Harrison (bateria) e Alex Kane (vocal/guitarra).

Para quem quiser entrar no clima, a playlist do Festival já está disponível no Spotify com as músicas das bandas confirmadas. É só procurar por ‘CRACCA Festival’ e dar o play.

Na MPBC Store, a loja oficial do Mercado Pirata e também do Festival, será possível adquirir produtos exclusivos das bandas e outros que já são comercializados no estabelecimento, como livros, zines, quadros, roupas e acessórios.

E para manter todo mundo com muita energia durante as 11 horas de show por noite, quatro restaurantes da região vão marcar presença no festival oferecendo diversas opções de comida, inclusive veganas.

Line up:

SEXTA – 24 de novembro

19h30 – Apicultores Clandestinos (SC)

20h40 – The Mullet Monster Mafia (SP)

21h50 – FingerFingerrr (SP)

23h – Devilish (SP)

0h15 – Daniel Belleza & os Corações em Fúria (SP)

1h30 – Cj Ramone (EUA)

3h – Jiro (JAP)

SÁBADO – 25 de novembro

19h30 – O Lendário Chucrobillyman (PR)

20h40 – The Dead Rocks (PR)

21h50 – Mary Lee & The B-side Brothers (PR)

23h – Marzela (SP)

0h15 – Escambau (SP)

1h30 – Identidade (RS)

2h50 – Relespública (PR)

4h – Tropical Caos (SC)



Band photo

Hot Rats lança disco com show na Casa da Cultura de Itajaí e download gratuito pelo Válvula Rock

Band photo
 A sexta-feira, dia 26, será de rock´n roll na Casa da Cultura Dide Brandão, em Itajaí. O trio itajaiense Hot Rats faz no teatro do local o show de lançamento do seu primeiro disco, Magnolia, a partir das 20h30. A entrada custa R$20 (com direito ao CD físico). A opção de meia-entrada custa R$10,00.Mais cedo, às 13h, o álbum será lançado virtualmente através do selo virtual Válvula Rock, pelo link: www.valvularock.com.br/hotrats. Além do download gratuito, também será possível ouvir o disco completo em streaming no site.

Este é o primeiro registro de estúdio do trio, formado em 2014 por Alexandre Siquera (guitarra e vocal), Duda Cordeiro (contrabaixo) e Mario Jr (Bateria). O encontro nasceu de outras experiências musicais de estilos variados, como Tribuzana, Mr. Wizard, Samburá, Chico Preto e a Dita Cuja.

Agora voltados a sua ‘primeira paixão’, o rock´n roll, o trio encontrou a química sonora já no primeiro ensaio, desencadeando uma performance de alta energia e vigor, explorando a fundo o rock setentista, misturado a toda a bagagem e estrada dos integrantes.

Com um som direto, riffs marcantes e desafiadores, a Hot Rats gravou Magnolia em tempo recorde, entre setembro e outubro de 2016, dando vida as composições de Alexandre Siquera. São 10 faixas, sendo 4 instrumentais, que vão agradar aos ouvidos ávidos por novidades no cenário musical de Santa Catarina e do Brasil, e também aos mais saudosos do rock´n roll.

O primeiro álbum da Hot Rats tem o apoio da Lei de Incentivo a Cultura de Itajaí, sendo produzido, gravado, mixado e masterizado pelo próprio Alexandre Siquera no J-Studios. A parceria com o Válvula Rock, produtora que completou neste mês 10 anos de atividade no Litoral Catarinense e conta com vasto catálogo de discos lançados pelo seu site, também se estenderá ao agenciamento de shows do grupo. A partir de junho, a banda deve iniciar uma turnê de divulgação do álbum, passando por várias cidades catarinenses e nos principais centros do Brasil.

rocknshot_novembro_2016

Muñoz e mais atrações neste sábado na Praia Brava em Itajaí

A festa Rock ‘n Shot volta com tudo nesse mês de novembro para agitar o Litoral Norte. Neste sábado, dia 26, no Gamboa Pub, na Praia Brava, em Itajaí, é a vez dos shows das bandas Muñoz (MG) e Devilery Chicken (SC), além da discotecagem do Válvula Rock.

O duo mineiro – radicado em Florianópolis – da Muñoz, vem a Itajaí mostrar a força de seu repertório novo, com as canções do disco “Smokestack”, lançado em setembro deste ano. O disco segue a linha de stoner rock com pitadas de blues e psicodelismo.

A atração local Devilery Chicken estreia nos palcos com um repertório de clássicos do rock dos anos 70. E na discotecagem rock entre as bandas é a vez do site Válvula Rock comandar a festa, com muito rock de todos os estilos e vertentes.

O evento começa às 23h. Os ingressos R$20 e podem ser comprados na hora.  Saiba mais no evento do Facebook: https://www.facebook.com/events/1157622574315320/

rocknshot_novembro_2016

fridolin_print_clipe

O Que Há de Novo em SC: clipes de Ninguém Sabe, Ruca, Marujo Cogumelo e Nona Avenida

O mês de outubro passou e dele ficaram alguns novos videoclipes de bandas catarinenses, duas delas inclusive com disco novo na praça. Artistas itajaienses do selo Válvula Rock Discos, Ninguém Sabe e Ruca abrem a lista desta semana, que tem ainda os singles fresquinhos de Marujo Cogumelo, de Xanxerê, e dos lageanos da Nona Avenida.

Ninguém Sabe
Clipe: Fridolin

Gravado em diferentes locações de Balneário Piçarras, terra de parte da banda, o clipe de Fridolin conta a história do jovem que se apaixona por uma freira, seguindo a divertida letra da música. A produção ficou a cargo da Setebarbas Filmes, com direção de Jonatan Gentil e a atuação de Elton Mendes e Kamila Souza. A faixa é do disco de estreia do grupo lançado no último ano, que você pode ouvir e baixar no próprio Válvula Rock: www.valvularock.com.br/ninguemsabe.

Ruca
Clipe: Vento Branco

A cantora Ruca Souza lançou em outubro o terceiro clipe de sua carreira solo, desta vez da faixa “Vento Branco”. A bela canção, que é praticamente acústica, mostra um lado completamente oposto a outras músicas que também viraram clipe: “Marte” e “Fora”.
A produção foi dirigida por Lenon Cesar, que também é baixista na banda de Ruca, e deu a ideia mais intimista, com pouca luz no estilo low key e simplicidade nos takes. “Vento Branco” é a mais tocada de Ruca Souza no Spotify e fecha o ciclo do disco “Marte”, lançado em 2014 com apoio do Válvula Rock e que culminou com uma prensagem de vinil e show internacional no The Cavern Club, na Inglaterra.

Marujo Cogumelo
Clipe: Papers

Entre 2009 e 2010, o disco de estreia da banda Marujo Cogumelo ganhou grande repercussão graças aos clipes muito bem elaborados que o grupo lançava na internet. Mais de seis anos depois de debutar, a banda de Xanxerê retomou as atividades com o álbum batizado de “Hiato”. E a aposta dos marujos é repetir a fórmula. Mais uma vez o diretor Marcelo D’Agostini foi chamado para comandar o set de filmagem, agora da faixa que abre o segundo álbum: Papers. O country folk em inglês chama a atenção para certa mudança na rota musical da banda, que ao longo do seu novo disco acerta a mão em novas experiências.

Nona Avenida
Clipe: Boas Notícias

Lages já ‘forneceu’ a Santa Catarina alguns dos seus maiores nomes do folk rock, blues e metal. Mas nada disso serve de referência para falar da banda Nona Avenida, novidade indie rock da cidade que chega em seu primeiro álbum com a proposta de colocar todo mundo na pista para dançar. É justamente este o clima que o trio apresenta no clipe de ‘Boas Notícias’, primeiro single do álbum “A Segunda Impressa é a que Fica”, recém lançado na web. Produzido através da parceria da banda com Armin Daniel Reichert, o clipe saiu oficialmente em 25 de setembro.

rocknbeer_foto_festival_itj

Festival Rock’n Beer garante boa média de público na 4ª edição, em Itajaí

rocknbeer_foto_festival_itj

Canisso e Digão, do Raimundos, também aproveitaram a grande variedade de cervejas artesanais do Festival (Foto: Jonatan Pitz)

A 4ª edição do Festival Rock’n Beer trouxe cerca de quatro mil pessoas ao pavilhão do Centreventos Itajaí durante dois dias de boa música e chope gelado. Realizado em parceria com a produtora Válvula Rock, o festival contou com a presença de 20 cervejarias artesanais e bandas autorais da região. O evento fechou a programação com a turnê de 20 anos de carreira da banda Raimundos, no sábado, dia 10.

Confira a galeria de fotos de sexta-feira
Confira a galeria de fotos de sábado

Considerado o maior festival de música autoral e cerveja artesanal do litoral catarinense, o Rock’n Beer foi criado para valorizar as produções locais e independentes de Santa Catarina. O primeiro dia de programação musical foi destinado às bandas autorais de Itajaí, que conquistaram o público no Centreventos: Casa de Orates, The Headcutters, Ninguém Sabe (que gravou um DVD ao vivo no evento) e Steel Warrior.

O pavilhão lotou também no sábado com a apresentação de quatro bandas regionais (Próspera, Yellow Box, Napkin e Nelsons Trap) e o show nacional com o Raimundos. No caso da banda joinvilense Napkin, o grupo chegou até o evento por ser o vencedor da Seletiva Rock’n Beer.

Este ano, a variedade de cervejarias foi ampliada, com novos rótulos e novidades como a Lay Back Beer, de Florianópolis, e a Handwerk, de Ibirama. Os empórios e cervejarias da região já conhecidos pelo público, como Beer House, Itajahy, Kiezen e Bierland, estiveram presentes no festival.

“Tudo funcionou perfeitamente, sem muitas filas e dentro de nossas expectativas. Os shows mais uma vez foram sensacionais e as cervejarias confirmaram o título de maior e melhor festival de cervejas artesanais do litoral catarinense”, reforça Flavio Roberto, um dos organizadores do Rock´n Beer.

Para o próximo ano, a ideia é manter setembro como a data oficial do Rock’n Beer no calendário de eventos em Itajaí. A partir deste mês, a organização do festival já inicia os preparativos para a 5ª edição. No inicio do ano, a intenção é retomar a ideia de um evento de verão.

raimundos_menor

4ª edição do Festival Rock’n Beer em Itajaí será nos dias 9 e 10 de setembro

Preparem seus canecos! Está quase na hora do festival mais aguardado pelos apreciadores do rock autoral e da cerveja artesanal. O Festival Rock’n Beer será realizado nos dias 9 e 10 de setembro, no Centreventos, em Itajaí, com novidades na programação, entre elas o show nacional com a banda Raimundos, a presença de seis food trucks e mais de 100 rótulos de cerveja. A quarta edição do evento é realizada pela produtora local Válvula Rock.

Neste ano, a ideia dos organizadores é valorizar ainda mais a música autoral catarinense e ampliar a variedade de cervejas artesanais oferecidas. A programação do primeiro dia de festival (9/9) terá somente bandas autorais de Itajaí. Estão confirmados os grupos Casa de Orates, The Headcutters, Ninguém Sabe e Steel Warrior. “São bandas locais experientes, com anos de estrada e carreira”, comenta um dos organizadores do evento, Flavio Roberto Oliveira.

Já no sábado (10/9), segundo dia de Rock’n Beer, sobem ao palco as bandas regionais Próspera (Litoral Norte Catarinense), Napkin (Joinville), Yellow Box (Itajaí) e Nelsons Trap (Balneário Camboriú). Para fechar o último dia em grande estilo, o festival recebe a turnê de 20 anos de carreira da banda Raimundos. “Este será o primeiro show em Itajaí”, garante Flavio.

A quarta edição do festival reunirá 20 cervejarias, algumas premiadas, que apresentarão mais de 100 rótulos de cervejas totalmente artesanais. Outra novidade é a cerveja Rock’n Beer, que será comercializada em garrafas de 600 mililitros no estande do evento. Durante os dois dias haverá uma praça de alimentação com seis foodtrucks. Na entrada, ao entregar o ingresso, o visitante ganha também uma caneca personalizada do festival para apreciar as cervejas. “Pensamos neste brinde como uma alternativa sustentável, para que as pessoas possam se divertir e degustar as cervejas, sem deixar de lado a consciência com o meio ambiente. O gesto reforça também o nosso compromisso e responsabilidade socioambiental”, completa Flavio.

O primeiro lote do Festival Rock’n Beer está à venda no site www.festivalrocknbeer.com.br/ingressos ou nos pontos de venda autorizados. O primeiro lote, com valores promocionais, segue até o dia 20 de agosto. Os ingressos são vendidos avulsos (apenas um dia) ou na forma de passaporte, válido para os dois dias, com valor promocional. Quem doar um quilo de alimento não perecível também terá desconto na compra do ingresso. As doações deverão ser entregues no dia do evento.

Atrações confirmadas:

Sexta-feira (9/9)

Casa de Orates (lançamento do DVD)
The Headcutters
Ninguém Sabe (gravação de DVD)
Steel Warrior (show de 20 anos)

Sábado (10/9)

Próspera (lançamento do primeiro EP)
Napkin
Yellow Box
Nelsons Trap
Raimundos

raimundos_itajai

 

napkin_vencedora_seletiva

Napkin vence a Seletiva e irá tocar no Festival Rock´n Beer

napkin_vencedora_seletiva

Em noite de casa cheia nesta quinta-feira, no Stannis Pub Itajaí, a banda joinvilense Napkin teve a melhor média na avaliação dos jurados e levou a premiação da Seletiva Rock´n Beer 2016. Agora a Napkin se prepara para tocar no Festival Rock´n Beer de Itajaí, no dia 10 de setembro, no Centreventos. Além disso, a banda irá gravar uma single no Silver Tape Studio, em Balneário Camboriú, com vídeo making of.

As outras duas finalistas da noite também mostraram que não chegaram à toa entre as três selecionadas de mais de 100 bandas inscritas. De Balneário Camboriú, a Supernova Jam ficou com o segundo lugar, enquanto os itajaienses da Elevador ocuparam a terceira posição.

A Seletiva movimentou um público de mais de 500 pessoas em quatro etapas – três semifinais e a final. Além do Stannis Pub, também sediaram edições do evento os bares PG, Surf, Skate e Diversão, em Itajaí, e Mercado Pirata e O´Briens Irish Pub, de Balneário Camboriú.

O Festival Rock´n Beer acontece nos dias 9 e 10 de setembro, no Centreventos. Na próxima semana serão anunciadas as atrações e o início das vendas de ingressos.

final_seletiva_web

Napkin, Elevador e Supernova Jam fazem a final da Seletiva Rock´n Beer nesta quinta, em Itajaí

Foram mais de 100 bandas inscritas e três etapas semifinais até a primeira edição da Seletiva Rock´n Beer chegar a sua grande final. Nesta quinta-feira, dia 28, as bandas Napkin, Supernova Jam e Elevador decidem qual será a escolhida para tocar no Festival Rock´n Beer deste ano, que acontece no Centreventos, nos dias 9 e 10 de setembro. O palco da final será o Stannis Pub, na Avenida Beira-Rio, nº400, em Itajaí, a partir das 21h. A entrada custa R$10.

Cada banda terá 25 minutos para apresentar cinco músicas, que serão avaliadas por um corpo de jurados especializado. Além das notas dos avaliadores, a participação do público também conta pontos para definir qual banda será a grande vencedora da noite.

Além do show no dia 10 de setembro, no mesmo dia que a principal atração do Festival Rock´n Beer deste ano (que será anunciada também nesta quinta-feira), a banda vencedora ainda ganha a gravação de uma música no Silver Tape Studio, com direito a vídeo making of, e uma premiação em dinheiro.

De acordo com Anderson Davi, um dos organizadores do Festival, a Seletiva Rock´n Beer é um grande sucesso e tem tudo para se encerrar com chave de ouro. “Quando lançamos a Seletiva, com o objetivo de encontrar bandas que nunca tocaram no Rock´n Beer, não esperávamos uma resposta tão positiva em quantidade e qualidade. As três semifinais foram de altíssimo nível e qualquer uma das bandas que for a vencedora desta final vai fazer um grande show no Festival deste ano”, avalia.

Depois do anúncio da banda principal, o Rock´n Beer pretende lançar a venda de ingressos para os dois dias do Festival e divulgar as demais atrações da quarta edição do evento em Itajaí.

Saiba mais sobre as bandas finalistas:

Supernova Jam

supernova_jam_finalista

Classificada na primeira semifinal, no Mercado Pirata, em Balneário Camboriú, a Supernova Jam tem forte influência do rock setentista e também do rock e psicodelia do século XXI. A banda é uma mistura de identidades e sonoridades que se rompe e explode em forma de música. Formada por Gabriel Borba, Luis Felipe Nicodemus e Herberth Goldan, a banda lançou virtualmente em agosto de 2015 seu primeiro trabalho, um EP que contém cinco músicas gravadas ao vivo no estúdio Soundbeat em Itapema.

Conheça o som: www.soundcloud.com/supernova-jam

Elevador

elevador-banda

A Elevador é uma grata surpresa do rock itajaiense, que se classificou na segunda etapa semifinal, disputada no PG Surf, Skate e Diversão, em Itajaí. Formado em 2015, o grupo faz um som psicodélico com uma levada surf, característica das bandas de garage, influenciada por bandas alternativas como King Gizzard and The Lizzard Wizzard, Mistyc Braves, The Growlers, Boogarins, entre outras. É formada por Gustavo Barbosa, Thiago F. de Paula, Thalison F. Moschetta, Alexandre T. Schafaschek e Henrique de Brito.

Conheça o som: www.soundcloud.com/oelevador

Napkin

napkin_final-seletiva

A Napkin vem de Joinville e é considerada uma das revelações da música catarinense nos últimos anos. Vencedora da terceira semifinal, disputada no O´Briens Irish Pub, em Balneário Camboriú, a Napkin é um duo de piano-rock formado pela vocalista e guitarrista Natana Alvarenga e pela pianista Kimberly Neves. Com a proposta de compor música misturando rock com elementos clássicos e contemporâneos de piano, juntamente com efeitos sonoros, possui uma mistura de piano rock, indie pop rock e rock alternativo. Nos shows ao vivo conta com Mariel Maciel na bateria e Paulo César Júnior no baixo.

Conheça o som: www.soundcloud.com/napkinplay